Top 10 – Bad Ends Alternativos dos Games

image

Se tem algo que todo mundo gosta, ou ao menos a maioria, são de finais felizes, seja em livros, quadrinhos, filmes, séries e claro, videogames. Quem é que não gosta de ver que tudo acabou bem para o seu personagem favorito? Que o herói ficou com a mocinha, que salvou a família, amigos, o mundo, que seja. E certamente não há nada melhor do que passar várias horas, dias ou até meses em um game para finalmente “zerá-lo“, do que jogar o controle do lado, relaxar na poltrona e curtir os momentos derradeiros de uma longa aventura. Happy Ends.

Mas todo mundo tem um “lado negro” e por vezes a curiosidade pelo lado  maligno fala mais alto. Quem nunca teve aquele diabinho nos ombros falando pra fazer alguma traquinagem, de escolher aquela opção tão tentadora mas que você sabe que vai se dar mal, ou de torcer para que personagens como Luke Skywalker escolha se juntar ao papai em “O Império Contra-Ataca”? E é justamente esses “Bad Ends” que os videogames aproveitam melhor do que qualquer outra mídia, nos oferecendo mais de um final para um jogo, e muitas vezes um término inesperado bem distante daquele almejado feliz.

Foi pensando nisso que fizemos uma seleção de “Top 10 – Bad Ends Alternativos dos Videogames“, com os finais alternativos mais cruéis que você vai encontrar em um jogo. Obviamente, escolhemos apenas alguns, há outros games com finais alternativos “Bad” por aí, que deixamos para que vocês mandem para nós nos comentários!

* Obviamente há spoilers nos textos abaixo, então certifique-se de ter jogado o game antes de ler!

10 – Batman Arkham City

image

Um dos melhores jogos de super-herói que você vai encontrar no mercado atualmente, com o famoso Cavaleiro das Trevas enfrentando seus piores inimigos em plena guerra caótica. Durante o jogo Batman recebe a ajuda da Mulher-Gato, que é controlada pelo jogador. Em um determinado momento é dada uma escolha com ela: deixar Arkham City com uma mala cheia de dinheiro, ou voltar para a cidade infernal e salvar o Morcegão que foi nocauteado e está prestes a morrer. Caso o jogador escolha a primeira opção, podemos ouvir Bárbara Gordon no rádio dizendo que todo mundo está morto e que o Coringa venceu, destruindo toda a cidade. Mas o jogo não termina aqui, ele dá mais uma chance ao jogador, sendo que na segunda vez é obrigatório ir salvar Batman.

09 – Shenmue

image

O clássico do Dreamcast tem um final alternativo que talvez muitos não conheçam. Na verdade “Shenmue” é uma obra inacabada, já que até hoje milhões de fãs aguardam ansiosamente pelo terceiro e conclusivo capítulo da saga. Mas enquanto isso não acontece, você pode ver o triste final de Ryo sendo morto exatamente com o mesmo golpe que matou o seu pai…

08 – Heavy Rain

image

 jogo cinemático “Heavy Rain” é centrado em quatro protagonistas envolvidos com o mistério do assassino do Origami, um serial killer que usa longos períodos de chuva para afogar suas vítimas. O game possui diversos finais, dependendo das opções escolhidas pelo jogador, sendo que o melhor final mostra Ethan, Madison e Shaun vivendo felizes para sempre como uma família, com o assassino morto e Norman deixando o FBI para viver uma vida normal. Porém, se você tiver azar, poderá acabar vendo finais miseráveis para os seus personagens. São tantos “Bad Ends” neste jogo que é difícil escolher um só. Veja só: o bom agente do FBI, mas viciado em drogas, Norman Jayden, acaba numa depressão e morre de overdose. A bela e o interesse amoroso do jogo, a jornalista Madison Paige, fica catatônica, mais morta do que viva. O assassino Shelby sai numa boa da cadeia, livre das acusações. Mas o pior ficou reservado para o protagonista Ethan Mars, o pai que faz tudo para salvar seu filho sequestrado pelo serial killer. Se você não acabar vendo ele estourando os próprios miolos, então há uma boa chance, depois de várias horas investidas no jogo, de você ser recompensado vendo isso…

7 – Dead Rising

image

survival horror “Dead Rising“, lançado em 2006 para o Xbox 360, fez um grande sucesso ao mostrar a história de Frank West, um fotojornalista preso dentro de um shopping infestado de zumbis. O jogo também possui diversos finais alternativos, e o pior deles é quando Frank não consegue impedir que bombas destruam o shopping, mandando para a atmosfera da Terra o vírus zumbi, provocando uma pandemia a nível nacional nos EUA.

6 – Singularity

image

 FPS lançado em 2010 para PS3, Xbox 360 e PC apresenta uma realidade fictícia onde experimentos russos com o chamado Elemento 99 deram errado durante a Guerra Fria, deixando o local desolado. O jogador controla um piloto que deve resgatar o seu parceiro e utilizar um dispositivo capaz de controlar o tempo. O jogo possui dois finais, em que você deve decidir se juntar ao bandido ou escutar os conselhos do seu amigo cientista bonzinho, o que significa dar um tiro em você mesmo. Claro que escolher o caminho do “mal” já seria digno de pertencer a essa lista, mas acontece que há mais um final, muito pior… a terceira opção é se você decidir matar os dois homens, criando uma linha temporal alternativa onde você é o mais malvadão de todos os tempos.

 5 – Metal Gear Solid

image

Um dos maiores clássicos da história dos games também possui uma sequência que pode alterar o seu final. Na cena em que Snake é torturado por Revolver Ocelot o jogador pode escolher entre duas opções: dar-se por vencido ou aguentar o processo de tortura, ciente de que, como Ocelot diz: “se a barra de vida chegar a zero, então o jogo está acabado“, não há continues. A opção do jogador refletirá nos cursos seguintes da história no jogo, sendo que ao invés de fugir com a bela, ela é morta,  caso o jogador for um franguinho e não aguente a tortura.

4 – Streets of Rag

image

Em uma época que finais alternativos não eram muito comuns, a Sega nos entregava “Streets of Rage” em 1991. Um chefão do crime toca o terror em uma cidade, fazendo com que três ex-policiais, Axel, Blaze e Adam, saiam para as ruas enfrentar as gangues de marginais com os próprios punhos, para derrotar o bandidão e salvar a cidade. Após vários socos, chutes e bombas do seu colega “Robocop” dentro do carro, de enfrentar os piores bandidos da cidade, as mais perigosas piranhas, punks e maloqueiros, você e seu companheiro (caso estejam jogando em dupla) chegam ao quartel general de Mr. X, que está sentado em seu trono, fumando um cigarrinho bem de boa. Porém, antes do pau começar, Mr. X pergunta aos dois bravos lutadores se desejam se unir a ele no comando do crime da cidade como o seu braço-direito. Se um dos jogadores se sentir atraído pelo “lado negro da força” e responder “Sim“, o Mr. X vai dizer para provar sua lealdade matando o seu companheiro (se os dois responderem “sim”, o jogo volta algumas fases). Isso aí, vai ter que trair o seu amigo que passou o jogo inteiro matando bandidos com você. Mas a coisa não para por aí, após matar o seu parceiro, o personagem decide que ser o “braço-direito” é muito pouco e então parte para cima de Mr. X, derrotando-o e tornando-se assim o novo chefe do crime da cidade. Perturbador, não é? “Streets of Rage 3” também possui um “Bad End” fdp que mostra seus personagens falhando miseravelmente para salvar a cidade de uma bomba nuclear, onde um monte de gente morre e a região fica completamente destruída.

03 – Far Cry 3

image

O FPS lançado em 2012 Brody e Jason, que está de férias com os amigos em uma ilha tropical, um “paíso” infestado de piratas e perigos. Durante a aventura Jason conhece uma nativa da ilha, Citra, líder dos guerreiros Rakyat, que transforma Jason em um guerreiro temível, ajudado e admirado por Citra, mas que eventualmente o trai ao sequestrar seus amigos, que o vê como a reencarnação de um guerreiro mítico ancestral dos Rakyat. No final do jogo, o jogador deve então escolher se quer executar os seus amigos e permanecer com Citra ou salvá-los e deixar a ilha. A mulher é tão sacana que, se o jogador escolher matar os amigos e ficar com ela, a vaca o mata após uma noitada de sexo, dizendo que o filho dele será o futuro líder e que ele deve morrer como o grande guerreiro que se tornou. Traiu seus amigos por uma trepada e acabou morto. A lição que tiramos disso é: sempre desconfie de uma gostosona.

2 – The Revenge of Shinobi

image

Outro clássico da geração 16 Bits e um dos melhores games de ninjas da história dos videogames. Você é o ninja master Joe Musashi, que deve com a sua katanashurikens e habilidades ninjitsu derrotar o sindicato criminoso Neo Zeed, que enviou seus próprios ninjas, soldados e espiões para dominar o mundo. Como uma advertência para o clã de Musashi, eles assassinaram o seu sensei e sequestraram a sua namorada, a bela Naoko. Joe “Shinobi” Musashi jurou vingar a morte de seu mestre e salvar a sua amada, e ele não vai parar até que o último dos subordinados do Neo Zeed, e o próprio, sejam destruídos. O jogo é longo e difícil, são oito fases divididas em três atos, passando por florestas de bambu, casas típicas japonesas, cachoeiras, cavernas, base militar, entre outras localidades até chegar ao QG de Zeed, em pleno EUA moderno. Isso claro, depois de ter enfrentando os piores ninjas da face da Terra e ícones da cultura pop como o Homem-Aranha, Batman, Godzilla, Hulk e até o Exterminador do Futuro. Sim, todas essas figuras marcam presença no game e estão fazendo de tudo para impedir que você complete sua missão. Mas nem todos eles junto são páreos para um ninja determinado e assim, finalmente, você chegará ao subsolo do QG, em um imenso labirinto, dificílimo de ser passado. Depois de passá-lo, ficará frente a frente com Zeed. Mas o vilão que não é bobo nem nada, garantiu uma vantagem para ele: prendeu Naoko em uma sala com uma parede descendo em cima dela. Caso você o derrote rapidamente, Naoko será salva. Porém, se demorar muito, a garota será esmagada pela parede, e mesmo depois de todo o trabalhão que você teve e de ter conseguido derrotar o bandido, a vitória tem um gosto amargo sem o amor da sua vida.

01 – Spider-Man vs The Kingpin

image

“Spider-Man vs The Kingpin” outro excelente jogo de super-herói, e estamos falando aqui da versão do Sega CD, um jogo melhorado da já ótima versão cartucho do Mega Drive. Neste jogo o vilão Rei do Crime plantou uma bomba nuclear em Nova York e conseguiu colocar a culpa no Homem-Aranha. Para desarmar a bomba, o Cabeça de Teia precisa encontrar cinco chaves, que claro, estão em posse de seus piores inimigos, como o Dr Octopus, Electro, Homem-Areia, Duende Macabro, entre outros. Para piorar a situação do nosso herói, o Rei sequestrou Mary Jane, que na época era esposa de Peter Parker. Quando finalmente chegamos ao chefão final, que é o Rei do Crime, temos um tempo para derrota-lo antes que Mary Jane caia num caldeirão de ácido– algo similar ao “The Revenge of Shinobi”. Aqui temos três opções de finais: você derrota o vilão e salva a mocinha. Ou derrota o bandido, mas ela morre, deixando um Aranha amargurado para o resto da sua vida (com um Rei dizendo que seus advogados logo o soltarão da cadeia), o que já seria um “Bad End” bastante amargo. Mas eis que há ainda um final pior, um dos mais cruéis que já vim num jogo: se você perder a luta final, ambos,Mary Jane e Homem-Aranha são afundados no caldeirão de ácido, com o Rei rindo igual uma hiena e explodindo a cidade inteira. E aqui não é igual o “Batman: Arkham City” que dá ao jogador uma oportunidade de voltar, você tem apenas UMA CHANCE de derrotar o Rei e salvar MJ, se morrer é esse o final que vai assistir e terá que jogar TUDO NOVAMENTE para ver se consegue um final feliz. O HOMEM-ARANHA MORREU!  Certamente um dos finais maisfeladaputa da história dos games!

Fonte:Game Hall Uol
obs: Ranking feito por Márcio Alexsandro

Publicado do WordPress para Android

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s